07/04/2018

Não se use pra completar pedaço em alguém



  Sabe quando você tem a sensação de estar “tapando buraco” pra alguém? Quando uma pessoa só te chama pra conversar, quando não tem outras opções? Como se você fosse um passa tempo?
  E o pior, quando ela te faz perder muito tempo, construindo uma relação com você, porque ela estava em um momento de carência e precisava de alguém. Ou até mesmo, quando ela estava com tesão e te queria pra satisfazer aquele momento. São pessoas que farão questão de sempre manterem contato com você, sempre terão tuas redes sociais, porque sabem que quando precisarem, você estará lá (como aqueles aplicativos que deixamos no celular e usamos quando estamos no tédio).

  Acho que a maioria de nós está um pouco assim, usando as pessoas como uma diversão, um capricho nosso, sabe? Sem se importar muito com o que o outro sente, só pensando no prazer daquele momento, sem se importar que o outro faz planos, cria expectativas, perde tempo e abre mão de algumas coisas, por nós.

  É difícil quando alguém te faz se sentir importante pra ela e depois vai embora.
  Talvez isso aconteça porque as pessoas enjoam fácil, sempre querem algo novo, não se contentam com o que têm nas mãos.  E olha, isso tem causado um estrago tão grande na vida das pessoas, deixando-as cada vez mais superficiais.

27/02/2018

Sobre saber agradecer



  Não existe maior privilégio, do que saber que a vida está nos dando enormes oportunidades de sermos felizes, e o maior mal desse século, é que nós não sabemos mais agradecer. Um filosofo dizia que a vida é um vale onde as amarguras fizeram sua morada, e existem pessoas que levam essa filosofia ao "pé da letra", e acabam não enxergando as maravilhas que a vida nos oferece todos os dias.

  Então você me diz que não tem motivos para agradecer... Ok! Então agradeça por ter a benção de embalar uma criança em seus braços, ou por ter alguém com quem você pode contar em todos os momentos de sua vida, ou ainda pelo simples fato de acordar bem e de ter a certeza que existe um Deus que te ama infinitamente, e isso é mais que suficiente!

  E sobre gratidão, eu gostaria de te propor um pequeno desafio: Pegue uma folha e uma caneta, e escreva uma carta para alguém muito especial, pode ser um irmão, amigo, pai, mãe, quem você quiser. Coloque nesta carta três momentos que você viveu ao lado dessa pessoa. Depois, releia o escrito, e tente visualizar cada uma dessas cenas, tente vive-las novamente!  Feche a porta do seu quarto, porque provavelmente lágrimas irão rolar. E se sentir vontade, escreva quantas cartas quiser, você verá quantos motivos lindos tem para agradecer.

  De "Gratidão", passou a ser "obrigada", depois "valeu", e hoje em dia tornou-se uma virtude de almas nobres. Está na hora de vivermos mais as nossas próprias vidas, pararmos de criticar os outros pelo que eles não fizeram, e agradecer por cada sorriso, por cada gesto. Agradecer torna a vida mais feliz e mais fácil ;)

  -Letícia Lima

13/01/2018

É para você que aos poucos tem se distanciado de Deus


  Esse texto é para você que aos poucos tem se distanciado de Deus, tem perdido o relacionamento com ele. É para você que permite que umas brechas se abram entre você e ele.

  Sabe quando você sente falta de falar, ouvir algo de Deus ou falar com ele? Mas não tem muita força para fazer essas coisas porque foi perdendo esse desejo aos poucos? É como se um abismo fosse aberto entre Deus e a gente, mas não importa o tamanho do abismo, Deus faz uma ponte e te permite voltar... Existem tantos que foram “cavados” por negligência nossa, onde deixamos que coisas banais do dia a dia os causassem, e enquanto maior, pior se torna de fechar.


  Talvez alguém nos mande orar, ir à igreja, ler a bíblia... Que esse abismo fecha, mas e quando você tenta fazer essas coisas e não vê resultados? Quando você tenta orar, e vem um milhão de outros pensamentos aleatórios e você não consegue pronunciar uma frase? Quando por mais que você tente, se sente cada vez mais longe? Não se preocupe, só continua. Não importa se você fale uma palavra ou um texto, o que importa é o amor que você está disposto a doar em cada palavra... E aos poucos você resgata esse relacionamento.  

01/01/2018

Escreva seu 2018


  Sabe quando você vai fazer uma arrumação no quarto e precisa tirar todas as coisas dos lugares para, aos poucos, organizar novamente?

  É mais ou menos o que acontece com a nossa vida, às vezes precisamos bagunçar tudo para depois organizar. Precisamos jogar algumas coisas foras, mudar outras de lugar ou até reencontrar algumas.
  Talvez o início de outro ano seja uma boa oportunidade dessa arrumação... De deixar um “montão” de coisas que não acrescentam nada em você e priorizar algumas esquecidas.  Oportunidade de “escrever um novo texto” que não será radicalmente diferente do antigo, mas que pode ser melhor.
Oportunidade de aumentar o que falta e mudar a história.

  Imagina quantas palavras você pode inserir nele, quantas vírgulas e pontos finais...

E se você escrever errado? Seja grato. Tudo é aprendizado. Deus só dá papel a quem tem coragem de escrever.  

12/12/2017

Primeiro post hot do blog


  Eu gosto quando você vem com seu hálito quente bem próximo ao meu pescoço e fala que me quer, que é só minha e que “tá” louca pra me dar... Dar tudo de você, do seu amor ao seu cansaço, da sua insegurança à sua certeza de saber exatamente o que quer fazer.
  
  Gosto quando o suor cola tua pele na minha, ao mesmo tempo em que desliza por cada curva sua. Quando fazemos sexo pra esquecer do mundo e sentir o momento que desperta tanto e passa tão rápido. Quando não só você dá, mas quando pede que eu também te dê, na mesma proporção que você me dá, quando pede que eu misture carinho com pegada e pegue todo o prazer que está disposta a me dar. Gosto quando você geme e manda continuar, quando você gosta tanto quanto eu...

  Gosto quando você me abraça e eu retribuo com mais força, como se assim te desse a certeza que eu te quero pra mim, quando você se entrega e só assim te faço só minha. 
  
  É como se nosso interesse fosse mais que gozar, é a cumplicidade, sabe? A vontade de fazer o outro gozar também. O prazer de ver as expressões do rosto do outro enquanto transa,  quando a boca é pequena para a língua do outro, e você quer preencher tudo com o que você tem...

  É quando acaba o sexo ter o prazer de beijar, dizer que foi bom e perguntar quando será a próxima.       

Design by:Bia Rodrigues. Modificado por: Bruno Vieira | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©