17/05/2020

Do que você precisa para preencher o vazio em você causado pela inferioridade?


  É tão fácil acreditar em mentiras sobre a gente, é como se elas fossem muito mais pontiagudas e capazes de expor os nossos mais íntimos sentimentos de inferioridade.

  Somos bombardeados, desde muito cedo, por críticas destrutivas que ao invés de nos incentivar, vão se alojando e criando uma personalidade f*dida, insegura e incapaz de reconhecer seus talentos. Nós vamos armazenando todos os “Você não consegue” “Você não é bom nisso” e mesmo tentando melhorarmos e provarmos o contrário, a influência desses comentários é tanta que tira nossa confiança e nos reduz a insignificância.

  Essas mentiras atingem nossa aparência, talentos, sonhos... E mesmo sendo grandes e densas não ocupam espaço nenhum, na verdade, formam um vazio que somos obrigados a preenchermos com o que está mais próximo, então, enchemos nossas caras de maquiagem e cremes caros que prometem perfeição ou inventamos coisas e postamos fotos em busca de elogios e curtidas. Eles ajudam, mas o vazio continua lá, “gritando” que você é inferior, incapaz e fora do padrão.

  Talvez agora seja a parte onde eu deva escrever que você é diferente e especial, que cada um tem talentos ou que padrões são inatingíveis, mas não sei se ajudaria.
Mesmo assim, seja lá o que te digam ou que você se diga capaz de te diminuir, é mentira. Lute todos os dias para excluir cada mentira/padrão inventado. Só você pode determinar o quão bom é e o quanto cada conquista importa. Não deixe o sentimento de inferioridade limitar seus sonhos ou sua personalidade.

08/04/2020

Algumas pessoas são um filme pornô e você não pode transformá-las em um romance.



  As pessoas são muito parecidas com filmes. É como se na maioria das vezes nos deparássemos com um catálogo onde elas nos mostrassem um trailer ou uma sinopse e a partir disso começássemos a assistir e conhecer melhor cada uma, mas ao mesmo tempo é como se nem todas tivessem trailer e fossemos obrigados a começarmos assistindo e descobrindo aos poucos a história do “filme”.

  As pessoas oscilam nos diferentes gêneros, vão desde documentário, drama, comédia, romance até um filme pornô. Eu acho que na medida do possível podemos conviver com cada uma, mas algumas é preciso desistir, são filmes sem evoluções, com um enredo enfadonho que não valem a pena continuar. Eu também acho que nos interessamos pelos filmes de acordo com cada fase da nossa vida, às vezes uma comédia romântica é perfeita e confortável, outras, precisamos de uma ação, porém, as vezes só queremos nos masturbar e apelamos para um pornô. Os roteiros geralmente são clichês e não dá para se esperar grandes produções desse tipo de filme (na realidade eles nem são feitos para isso), você não precisa pensar muito para assisti-los. Embora eles sejam bem parecidos, alguns possuem peculiaridades que fazem diferença, e é por isso que nem todos têm o mesmo efeito, alguns detalhes nos fazem gostar mais, outros nos fazem desistir nos primeiros dois minutos ou se interessar somente por algumas partes.   

  Podemos assistir a diferentes gêneros, mas assim como filmes, as pessoas vão te decepcionar ou surpreender, mas algumas coisas não podem ser mudadas, como fazer de um terror, uma comédia romântica só porque em algumas cenas ele te faz rir, ou ainda esperar que um pornô se transforme em um romance, a finalidade dele é aliviar teu tesão. Diferente de assistir filmes, podemos magoar as pessoas e sermos magoados nos envolvendo com elas, saiba reconhecer o que elas têm para te oferecer antes de continuar, e caso não seja o que procura, recuse.   

14/03/2020

5 dicas infalíveis para economizar nas compras online


  Acho que todos nós concordamos que fazer compras online é a forma mais vantajosa, seja pela variedade de produtos e lojas, pelo horário flexível, mas principalmente pelo preço.
  É incrível como dá para economizar comprando pela internet. Pensando nisso, fiz um post com algumas dicas infalíveis que eu sempre uso quando quero comprar alguma coisa.

1- Paciência e pesquisa


  A primeira delas é a paciência. Parece brincadeira, mas ter paciência quando se faz compras ajuda muito a encontrar o melhor desconto. Ela se aplica de duas formas, tanto no tempo que você passa procurando o mesmo produto em lojas diferentes, como acompanhar o seu preço ao longo do tempo, fazendo a compra quando esse estiver mínimo. E como na internet tudo é muito instantâneo, os valores se atualizam constantemente, fazendo com que por algumas horas esperando você consiga um desconto maior.
  

2- Cupons de desconto


  Já pensou se existisse um site que reunisse vários descontos ativos das melhores lojas online? Ou seja, que fizesse todo o “trabalho duro” para você? Ele existe! É o site Cupom válido.


  Ele é simplesmente demais, porque faz exatamente o que eu falei. Ele disponibiliza uma seleção com diversas lojas confiáveis (de beleza, artigosesportivos, livrarias, entre outras.) e ao clicar em qualquer uma que você tem interesse, aparecem os cupons ou links de descontos que você pode usar nela.

  O que é mais incrível é que você não precisa fazer nenhum cadastro para utilizar os cupons (embora exista a opção de cadastrar seu e-mail para ficar recebendo ofertas, o que dá ainda mais comodidade, não é?) ou pagar alguma taxa para o site.  
  Você só precisa clicar no link que leva direto a uma página de desconto na loja escolhida ou copiar o cupom e colar em um lugar específico na loja (geralmente no carrinho de compras, na opção “Cupom de desconto”), daí o valor já é subtraído do total que você pagaria.


  Esse valor varia muito podendo ser de 5% a mais de 70% ou até mesmo frete grátis e brindes, dependendo da promoção ativa na loja (incrível demais né?). Eu já falei dele aqui, mas não dá pra falar de vantagens e economia sem citá-lo.  


3- Comprar várias coisas na mesma loja


  Quem nunca desistiu da compra porque o frete era maior que o preço do produto? Às vezes o frete acaba com a nossa felicidade, mas dá para resolver isso se você deixar para comprar vários produtos na mesma loja, totalizando um valor que o frete seja grátis. A maioria das lojas possui esse tipo de vantagem, variando o valor mínimo de cada uma.

  Caso não tenha tanta pressa em obter os produtos, você pode criar uma conta no site e favoritar os que você tem interesse, para não perder tempo procurando-os novamente.

4- Clubes de fidelidade


  Algumas marcas disponibilizam uma espécie de “cashback” válido apenas na loja, assim, quando você compra, automaticamente acumula um valor que pode ser usado na próxima compra como desconto. Então, fique atento as regras no site da loja porque ela pode oferecer isso e você não saber.

5- Formas de pagamento


  Para finalizar é uma dica bem simples, mas que pode te ajudar a pagar menos. Verifique sempre qual a forma mais proveitosa de realizar o pagamento (boleto, cartão...) e também a quantidade de parcelas, assim você evita juros desnecessários.
Além disso, alguns cupons da "dica 2" são específicos para uma forma de pagamento, aumentando seu desconto se você optar por essa forma. 




06/02/2020

O que assistir depois de terminar Anne with an "E"


Caso você tenha terminado de assistir à série "Anne with an "E" com certeza está querendo algum tipo de continuação, já que a quarta temporada não tem previsão de ser feita. Pensando nisso, separei alguns filmes que acho que seguem a mesma linha da série, ou seja, a forma poética e delicada de abordar assuntos extremamente complicados... Vamos a eles, então:

Uma viagem extraordinária


Aos doze anos de idade, T.S. Spivet é um garoto superdotado, apaixonado por cartografia. Quando ele ganha um prêmio científico prestigioso, o garoto decide abandonar sua família em Montana para atravessar sozinho aos Estados Unidos, até chegar a Washington. O único problema é que o júri não sabe que o vencedor ainda é uma criança.


Pode parecer monótomo, mas não é, você se apaixonará pela forma reflexiva e inteligente que o protagonista enxerga a vida.

Sociedade literária e a torta de casca de batata


Juliet Ashton (Lily James) é uma escritora na Londres de 1946 que decide visitar Guernsey, uma das Ilhas do Canal invadidas pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, depois que ela recebe uma carta de um fazendeiro contando sobre como um clube do livro local foi fundado durante a guerra. Lá ela constrói profundos relacionamentos com os moradores da ilha e decide escrever um livro sobre as experiências deles na guerra.
Semelhante à série, esse filme também é baseado em um livro de mesmo nome.

Histórias Cruzadas 

Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter (Emma Stone) é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark (Viola Davis), a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.
A forma como o livro aborda o preconceito junto com a força do poder da escrita é incrível. Ah, caso você goste muito (você vai) tem o livro com muito mais detalhes, no Brasil tem o título "A resposta - Kathryn Stockett".

A livraria


No final da década de 50, uma mulher (Emily Mortimer) recém-chegada em uma pacata cidade do litoral da Inglaterra decide abrir uma livraria. Contudo, sua iniciativa é vista com maus olhos pela conservadora comunidade local, que passa a se opor tanto a ela quanto ao seu negócio, obrigando-a lutar por seu estabelecimento.
Existem várias semelhanças com a série, sendo a principal delas o conservadorismo.

*Boa parte das sinopses foi copiada de outros sites. 




21/10/2019

Não amamos as pessoas, amamos o status que elas nos dão



  Qual o perfil da última pessoa que você se apaixonou? Supostamente ela te atraiu por alguma característica. Foi a beleza? A popularidade? O cargo que ela ocupa? Ou ela é extremamente discreta sem algo direto para te oferecer?

  Somos atraídos pelo status que as pessoas nos causam, é incrível namorar alguém bonito, alguém popular, alguém que outras pessoas queriam (imagina o que os outros vão pensar?) ou alguém que está se dando bem e que aparentemente terá uma carreira interessante, essas coisas atraem status.      Sabe, eu não estou insinuando que sejamos interesseiros, mas expondo o quanto nossos relacionamentos têm sido oportunistas.

  O que achamos ser amor tornou-se algo muito volátil, é mais uma troca de interesses, “O que você tem a me oferecer para me fazer ficar?” Escrevendo isso, um dos últimos interesses que pensei foi o financeiro, meu foco são os súteis que às vezes são despertados em nós de forma involuntária e quando nos damos conta eles são os responsáveis pela nossa paixão.
  Talvez você esteja discordando de tudo e pensando: “Não sou assim!” então você não escolheria alguém bonito em detrimento de alguém legal? Alguém popular em detrimento de alguém introvertido?         


Design by:Bia Rodrigues. Modificado por: Bruno Vieira | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©