12/12/2017

Primeiro post hot do blog


  Eu gosto quando você vem com seu hálito quente bem próximo ao meu pescoço e fala que me quer, que é só minha e que “tá” louca pra me dar... Dar tudo de você, do seu amor ao seu cansaço, da sua insegurança à sua certeza de saber exatamente o que quer fazer.
  
  Gosto quando o suor cola tua pele na minha, ao mesmo tempo em que desliza por cada curva sua. Quando fazemos sexo pra esquecer do mundo e sentir o momento que desperta tanto e passa tão rápido. Quando não só você dá, mas quando pede que eu também te dê, na mesma proporção que você me dá, quando pede que eu misture carinho com pegada e pegue todo o prazer que está disposta a me dar. Gosto quando você geme e manda continuar, quando você gosta tanto quanto eu...

  Gosto quando você me abraça e eu retribuo com mais força, como se assim te desse a certeza que eu te quero pra mim, quando você se entrega e só assim te faço só minha. 
  
  É como se nosso interesse fosse mais que gozar, é a cumplicidade, sabe? A vontade de fazer o outro gozar também. O prazer de ver as expressões do rosto do outro enquanto transa,  quando a boca é pequena para a língua do outro, e você quer preencher tudo com o que você tem...

  É quando acaba o sexo ter o prazer de beijar, dizer que foi bom e perguntar quando será a próxima.       

11/12/2017

É difícil demonstrar o que sente quando o outro não tá nem aí pra isso


  Parece que é proibido demonstrar, que o normal é esse desapego que impede do outro saber seus sentimentos, como se fossemos fortes o suficientes para não desenvolvermos nada pelo outro, e sairmos sem nenhum arranhão das relações.

  É como se não sentir nada fosse o normal, e quem sente é o “trouxa”. Como se ninguém tivesse compromisso em dar ao menos uma explicação ou justificativa dos sentimentos que desenvolveu ou fez o outro desenvolver...

  Quantas pessoas não escondem seus sentimentos por medo ou vergonha de sentir, por medo da reação (ou falta dela) do outro. Essa indiferença pelos sentimentos alheios é a responsável por tanta frieza, é difícil demonstrar o que sente quando o outro não tá nem aí pra isso.

  Mas sabe de uma coisa? Demonstra. Não seja frio, quem perde é quem não sabe aproveitar a imensidão que você é... Sofrer? É melhor sofrer por demonstrar, do que sofrer fingindo que não sente nada. 

01/12/2017

Quando Foi Amor



  Vi que era amor quando você se tornou o meu primeiro e último pensamento de cada dia. Quando a prioridade das minhas orações passou a ser você, e quando quis te ver feliz, independente de estar ao meu lado ou não, porque ver o teu sorriso, era o único motivo que eu tinha para sorrir.

  Vi que era amor, quando passei a ser fiel a ti, antes mesmo de ser tua por completo. Quando chorei com medo de te perder e quando decidi enfrentar tudo e todos ao seu lado.

  Foi amor, no instante em que guardei todos os meus escritos em uma gaveta, e comecei a escrever a história mais incrível de todas! Naqueles poemas estavam paixões passageiras, sem sinceridade e sem reciprocidade, apenas algumas reações químicas do organismo que logo tiveram seu fim.

  Vi que era amor, quando o meu único desejo foi caminhar junto contigo para o céu. Quando me disponibilizei a abrir mão de todos os meus sonhos, para sonhar e construir uma vida ao seu lado. Foi amor no momento em que prometi pra Deus que cuidaria de ti até o fim de nossas vidas, mesmo sabendo de todos os obstáculos que estão por vir.

  - Letícia Lima

13/11/2017

Onde fica a felicidade?


  Esses dias fiz a seguinte pergunta no meu status do WhatsApp: "Você é feliz?", e por incrível que pareça, a cada dez pessoas que me respondiam, oito ou nove afirmavam que não. Por que? Porque estamos vivendo em uma sociedade materialista, onde as pessoas se afastam de Deus a cada dia que se passa, porque muitos se tornaram insensíveis a dor dos outros.

  Precisamos desconstruir a ideia de que o ápice do prazer humano é também o ápice da felicidade, quando na verdade, não passa de um momento. Precisamos parar de ostentar as pessoas no nosso círculo de relacionamentos, ou enxerga- las apenas como "meios" para alcançarmos os nossos objetivos.

  Vivemos em um mundo com ruas lotadas de pessoas apressadas e estressadas, e vazias de sentimentos. Cheias de olhares baixos, e vazias de sorrisos.  E essa situação só será revertida, se passarmos a nos interessarmos mais pelos outros enquanto humanos, cheios de fraquezas, mas também necessitados de amor. E acima de tudo, só teremos a felicidade completa, quando lembrarmos do amor de Deus por nós, e dedicarmos tudo que fazemos e conquistamos a ele, porque quando não é assim, tudo começa a "desandar" perfeitamente.

  Espero que todos compreendam, que só serão felizes verdadeiramente se caminharem com Deus ao lado, e com pessoas que realmente sabem amar e sorrir com sinceridade.

  -Letícia Lima

23/10/2017

De verdade: Eu Te Amo!



  É inexplicável, a dor que sentimos ao ver quem nós mais amamos partir, sem no mínimo olhar para trás, e ter a preocupação de perguntar se vai ficar tudo bem. Mas dói mais ainda, ver o amor da nossa vida partir contra a vontade dele e de todos... Sem motivos, apenas porque o destino quis que fosse assim.

  Sei que você tentou fazer o impossível para continuar ao meu lado, mas infelizmente, e por interesse de muitos, nos separamos. Antes de tudo, eu achava essa coisa de amor não existia, até você chegar e me provar o contrário, provar que ainda existem pessoas que sabem amar e respeitar os outros. Eu que odeio novelas, vivi uma ao seu lado, com direito a um galã apaixonado, e uma família não preza pela felicidade alheia, e sim pelo dinheiro.

  Você se foi, mas como em todos os romances, o nosso também terá final feliz. Pois o mesmo destino que tratou de nos separar, está cruzando nossos caminhos novamente, e da melhor forma possível! Sei que não nos veremos tão cedo, mas estou disposta a te esperar o tempo que for necessário, até porque, já provei que é inútil me entregar a outros abraços, quando só você tem o melhor do mundo.

  Eu te amo, de verdade, e te agradeço do fundo do meu coração, por me mostrar o que é o amor.

  -Letícia Lima

Design by:Bia Rodrigues. Modificado por: Bruno Vieira | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©