18/11/2018

Minha carência me fez achar que as migalhas que você me dava era amor



  Minha carência me fez aceitar tuas migalhas e achar que aquilo era o que eu merecia, e mesmo eu querendo mais, eu me conformei com o teu resto de amor, porque foi o máximo que alguém me deu naquele momento.

  Mas quem nunca mendigou atenção? Puxando assunto, enquanto o outro só respondia “palavras frias” E quem nunca se iludiu achando que estava sendo amado, com a justificativa de que aquele era o jeito do outro amar?

  O amor é tão complexo e tão confuso, e ao mesmo tempo tão simples e despretensioso, sem exigências...
  A busca por ele te faz tão vulnerável e indefeso, te fazendo enxergá-lo em sentimentos paralelos que se perdem pelo caminho e não chegam a lugar nenhum.

  Mas eu não quero te dizer como procurar amor( Eu nem sei) Eu quero te aconselhar a não incentivar o amor, onde não tem, a não se iludir achando que juntando pedaços, você ficará satisfeito. O amor é divisível, mas não aceita ver alguém com migalhas.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Design by:Bia Rodrigues. Modificado por: Bruno Vieira | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©